sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

No meio da confusão.. VITÓRIA!

Eu compreendo… A sério que compreendo. Sentes-te sozinho, sentes-te abandonado, estás farto da tua vida, queres mandar tudo para um sítio bem distante de ti por estares tão cansado de discussões, de confusões, de mau ambiente, de tudo o que faz parte do teu dia-a-dia há tanto tempo. Não tens coragem de contar a ninguém com medo de que te julguem, ou então contas e ninguém parece perceber ou mesmo ajudar (e há alguns que nos conseguem por ainda mais no fundo). Tu até acreditas que consegues ultrapassar tudo, que consegues ter forças suficientes para suportar o teu “mundo” com as complicações todas, apenas te falta uma coisa: uma companhia. Achas que se tivesses um apoio, alguém que tivesse ali contigo todos os dias, que te perguntasse como estavas, que se interessasse pelos teus problemas e que fizesse tudo por tudo para te arrancar um sorriso, que as coisas se resolviam e tu conseguias ter muito mais coragem para suportar tudo. Enganas-te. Se já tivesses um amigo mais intimo ou um namorado, vais dizer “Mas quando eu tinha esse amigo intimo/namorado as coisas eram muito mais fáceis”, eu percebo e sim, as coisas eram de facto mais fáceis, mas a verdade é que tu não te podes fazer da outra pessoa um suporte, não podes depositar toda a tua vida noutra pessoa, tens que ganhar estratégias para que, quando essa pessoas não tiver contigo, tu consigas aguentar-te. Não é fácil nem nunca será, mas as coisas podem melhorar. Vais sofrer, vais passar por muitos momentos de desespero e eu percebo esses pensamentos que vêm a tua cabeça, pensamentos de rebeldia, pensamentos que nem deveriam sequer existir e até tens vergonha de os dizer, mas eu percebo. Não te podes é deixar levar por eles, ao início tudo parece muito mais fácil, mas as consequências seriam bem piores, acredita que se a tua vida já é má, ficaria um inferno autêntico. Tu não precisas da atenção dos teus amigos, dos teus melhores amigos, da tua tia, do teu tio, do teu primo, dos teus pais, dos teus avos, não precisas da atenção de ninguém, mas há uma pessoa que está sempre de olhos postos em ti e és tu que tens que olhar para Ele, de busca-lo com a tua alma, de estar pertinho dEle.

Sabem, eu antes era daquelas que chorava baba e ranho, porque quando eu precisava eu nunca O ouvia, nunca O sentia e ficava mesmo triste, porque eu precisava mesmo de um toque, de algo que me animasse. Mas com o tempo percebi que era eu que andava cega e surda, não queria ver o que estava mesmo à frente dos meus olhos e muito menos ouvir. Quando nós paramos de blasfemar, de chorar, de gritar e olhamos à nossa volta, reparamos que Ele está ali, em cada pormenor, em cada gesto. No nosso dia andamos tão atarefados e nem reparamos que estamos andar porque Deus permite que isso aconteça, que nos estamos vivos pela Sua misericórdia. Não é aconchegante? Enquanto tu estavas a desesperar e a chorar no teu quarto ou na escola, não reparas-te que tinhas uma cama, lençóis, paredes, um tecto (no caso do quarto) ou que tinhas dinheiro para estar numa escola? Não reparas-te que estavas vestido e que não estavas doente? Não reparas-te que, apesar de estares tão mal, o teu organismo continuava a funcionar e estavas sossegado num sítio sem ninguém te chatear? Não reparas-te que enquanto derramavas lagrimas, tu tinhas olhos e vias? Deus permite que passes por certas coisas para te fazer crescer, para que Ele te possa moldar e tu fiques preparado para o que aí está a chegar. Deus tem um plano para a tua vida, Ele não está simplesmente lá em cima parado a olhar para nós, enquanto tu derramas uma lagrima, acredito que Ele derrama 100 ao mesmo tempo, quando tu desesperas Ele estende-te a mão e fica tão triste por tu não reparares no seu tenro gesto. Como podes não sorrir? Como podes estar triste? Não é por te revoltares que as coisas acontecem mais depressa, apenas contribui para que a tua vida seja mais aborrecida. Louva! Exalta-o! E quando vierem pensamentos horríveis à tua mente, grita bem alto na tua mente “EU AMO-TE DEUS”.

Ele é fiel, é mesmo. O seu amor é incomparável. Não desistas da tua vida, não desistas de lutar, não te revoltes, Ele ama-te tanto, ama-te como nunca ninguém te amou! Sabes, experimenta chegar-te a Deus, experimenta ler e meditar sobre a bíblia todos os dias, orar a Deus todos os dias, nem precisa de demorar horas inteiras, sê apenas sincero e coordena a tua vida conforme achares melhor. Sê tu próprio com Deus, não digas palavras complexas nem imites a oração do irmão lá da igreja que fala ora muito bem, sê tu mesmo, Deus conhece-te e sabe o que vai no teu coração. Louva-o todos os dias, canta para Ele, Ele gosta tanto… “Deus habita no meio do louvor”, começa a louvar, Ele irá te dar vitória quando tu menos esperares (:

DEUS TE ABENÇOE! *

Nenhum comentário:

Postar um comentário